sábado, 30 de maio de 2015

"Moçambique - Para a mãe se lembrar como foi" de Manuela Gonzaga


Que África era aquela, quando Portugal era «só um – do Minho a Timor»? Manuela Gonzaga começa por nos levar de Lisboa a Nacala numa maravilhosa travessia oceânica a bordo do paquete Império. Dali, com a família, partiu para a mais remota província da então Província Ultramarina de Moçambique, Vila Cabral, actual Lichinga, onde viveram durante algum tempo. Através da descrição dos quotidianos do Niassa, depois do esbraseante calor de Tete, a seguir na Beira, e mais tarde em Lourenço Marques, Maputo, a autora revive, por dentro, toda uma época, num exercício que começou por ser um lenitivo para mitigar a solidão da mãe cujas memórias se têm vindo a dissolver inexoravelmente. Foi a própria mãe, a quem estas narrativas acordam reminiscências luminosas e felizes de tempos pretéritos no seu Moçambique adorado, que lhe pediu que as transformasse no livro que agora chega a público.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

"A Linguagem das Irmãs" de Amy Hatvany


Há dez anos, Nicole Hunter tomou a difícil decisão de abandonar o seu lar problemático em Seattle. Deixou para trás a sua querida irmã Jenny, possuidora de um distúrbio neurológico que a colocara dependente de uma cadeira de rodas e lhe retirara a capacidade da fala. Após uma década em São Francisco, Nicole tenta convencer-se de que tudo está bem, mas nem a sua vida sentimental nem a profissional são as que ambicionava.
Quando um violento e trágico acontecimento envolve a sua irmã, Nicole é forçada a regressar à casa de infância onde deixou memórias impossíveis de resolver e perdoar. Ali acabará por tomar a decisão mais acertada da sua vida: cuidar da irmã e resolver os conflitos com a mãe e as memórias dolorosas deixadas pelo pai. Só assim conseguirá redimir-se da culpa que a acompanha e tornar-se a irmã que gostaria de ter sido. Uma história tocante, autêntica e libertadora, sobre as escolhas que é necessário fazer na vida, sobre o poder da amizade e sobre a importância dos laços familiares.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

"A Espia do Oriente" de Nuno Nepomuceno


Dubai, Emirados Árabes Unidos.

De férias na região, um investigador norte-americano é raptado do hotel onde se encontrava instalado. Uma nova pista sobre um antigo projecto de manipulação genética é descoberta e a Dark Star, uma organização terrorista internacional, está decidida a utilizar os conhecimentos deste cientista para ganhar vantagem.

Contudo, de regresso à Europa, uma das suas operacionais resolve trair o sindicato do crime e oferece-se para trabalhar como agente dupla ao serviço da inteligência britânica. O mistério adensa-se quando esta mulher, de nome de código China Girl, impõe como única condição colaborar com André Marques-Smith, o director do Gabinete de Informação e Imprensa do Ministério dos Negócios Estrangeiros português e espião ocasional.

Obrigados a trabalhar juntos para evitarem um atentado a uma importante líder europeia, uma atmosfera tensa, de suspeição e desconfiança, instala-se de imediato entre os dois. Mas que segredos esconderá esta mulher, cujo próprio nome é uma incógnita? Serão as suas intenções autênticas? Será o espião português capaz de resistir à sua invulgar e exótica beleza?

Vencedor do Prémio Literário Note! 2012, Nuno Nepomuceno regressa com A Espia do Oriente, o segundo livro da série Freelancer. Por entre os cenários reais de Budapeste, Berlim, Londres, Courchevel, Dubai e Lisboa, o autor transporta-nos para um mundo de mentiras, complexas relações interpessoais, e reviravoltas imprevisíveis. Uma reflexão profunda sobre os valores tradicionais portugueses, contraposta com a sua já habitual narrativa intimista e sofisticada, e que vai muito além do tradicional romance de espionagem.
 

sábado, 23 de maio de 2015

"Entre o Silêncio das Pedras" de Luís Ferreira


Sinopse:

Quando perde a mulher e a filha num trágico acidente, Pedro Marques, um brilhante escritor, afunda-se num mundo de trevas. Entretanto, um velho livro chega-lhe às mãos e por causa dele decide fazer o Caminho de Santiago, que os peregrinos trilham desde a Idade Média - uma viagem que mudará a sua vida e que lhe permitirá a redescoberta de si próprio… e também do amor. 

 Um romance que nos leva a percorrer o lendário Caminho de Santiago e que nos transmite uma lição de vida, uma mensagem de fé e um incitamento à descoberta do melhor que há em nós. Um livro poderoso, terno e comovente, que foi escrito para ser vivido. Um estilo poético e melódico que enfeitiçará o leitor.


Luís Ferreira nasceu no Barreiro a 8 de Maio de 1970. Actualmente vive em Alcochete. Publica em diversos sites ligados à escrita e às artes. Possui diversas obras editadas, assim como participou com a sua escrita em mais de 20 antologias.


Para adquirir o livro clique aqui

sexta-feira, 22 de maio de 2015

"Joaninha e o Jardim Encantado" - Opinião



Li este livro quase de uma assentada... É um livro escrito para os "pequenos" mas que dá uma grande lição aos "grandes".Muitas vezes olhamos para uma pessoa e "Olha aquele gordo", "Xi, aquela lingrinhas passa por entre os pingos da chuva", "Já viste aquela com óculos fundo-de-garrafa" e esquecemos-nos de olhar para o coração das pessoas. Aquele "gordo" pode ter algum problema de saúde que não consegue emagrecer. Aquela "lingrinhas" se calhar não consegue comer porque tem de alimentar os filhos. Temos de olhar para as pessoas e ver as pessoas pelo que são, não pelo que têm...


Por vezes esquecemos-nos que os nossos pais já foram filhos e que um dia seremos pais.

Obrigada Cristina. 

quinta-feira, 21 de maio de 2015

"Joaninha e o Jardim Encantado" de Cristina das Neves Aleixo



"Joaninha e o jardim encantando" é o primeiro livro de Cristina Das Neves Aleixo. 

Joaninha estava a estudar quando, de repente, se deixa adormecer e transportar para um jardim mágico, onde todos os animais falam e vivem em harmonia. 



Aqui encontra o melro Sebastião, que a introduz nos mistérios daquele esplendoroso universo. Quando sabe que, dentro da bonita casa que se ergue no centro do jardim, vive um menino impedido de sair dela, Joaninha toma a corajosa decisão de o resgatar. 



Mas o que retém Carlinhos dentro de casa é muito mais do que a doença que o obriga a deslocar-se numa cadeira de rodas e Joaninha terá de utilizar todas as suas forças para atingir os seus objectivos. Neste seu primeiro livro, Cristina Das Neves Aleixo debuta na ficção infantil com uma história que demonstra que os maiores fantasmas vivem, afinal, dentro de nós próprios.


Encomende o seu exemplar através do e-mail geral@capitalbooks.net ou usando o Comprar agora.


quarta-feira, 20 de maio de 2015

"A Guardiã - O Livro De Jade Do Céu" de Ana Cristina Pinto


" A Guardiã- O Livro de Jade do Céu" - Lançamento Oficial a 16 de Maio de 2015!

Óbidos é o berço da protagonista de " A Guardiã- O livro de Jade do Céu".

Nota da Editora Capital Books:

" É um livro que dá luta"..." Com semelhanças ao estilo de George R. R. Martin"

"Num mundo habitado também por seres provindos de universos místicos, o futuro da Humanidade está nas mãos de Luana, uma arqueóloga que vive em Óbidos e se apaixona por um arcanjo celestial. Uma viagem por um universo paralelo, repleto de aventura e espiritualidade.Uma história empolgante, que envolve um inesperado triângulo amoroso numa demanda pela salvação da Terra. "

Nota da Autora:

"Neste romance exploro temas como a vida para além da morte, a reencarnação e a imortalidade da alma. Contudo,a ciência que tem um papel determinante na busca por provas (se elas existirem), destas realidades, também não foi esquecida.
É através da ciência que se abordam as possibilidades que circulam à volta do nascimento da matéria, do Universo, da Terra.
Este livro não é apenas para místicos, esotéricos, espiritualistas. Este livro é para todos aqueles que já colocaram a si próprios a questão: "De onde vimos? Para onde vamos?" Também aqui a narrativa nos coloca muitas vezes perante o mistério de quem somos.
Ao longo da trama deparamo-nos com os factos reais, com os mitos, com o nosso direito à espiritualidade,com a relevância religiosa e com as teorias que podem de alguma forma abalá-la, (como as de Zecharia Sitchin, especialista em linguagem cuneiforme que decifrou as polémicas placas de argila da Suméria).
Teremos realmente, nos primórdios dos tempos, sido alvos de engenharia genética por parte de outra ou outras raças oriundas de pontos distantes do Universo ou Multiversos?
Este, é um romance onde o amor entre uma mulher e dois arcanjos se sobrepõe ao preconceito, aos dogmas, ao medo e sobretudo ao peso das descobertas. É um romance que se sobrepõe à história e à lógica.
Este é um livro de ficção, mas em ficção pode dizer-se tudo. Inclusive a verdade."
Ana Cristina Pinto

Sinopse:

E se tudo o que conheces sobre as origens da Terra estiver errado?
Entre a vila medieval de Óbidos, a terra vermelha de Petra e as brumas da ilha mítica de Avalon, uma mulher confronta-se com o destino: Descobrir o seu potencial divino e salvar a humanidade. Enquanto se vê envolvida numa disputa entre as forças da Luz e das Trevas pelo domínio da Terra, divide-se entre o amor de dois arcanjos. Um triângulo amoroso que a arrebata, transforma e leva-a numa exaustiva viagem pelo mundo, em busca das míticas páginas de um livro sagrado. Nele, estão contidos os segredos das origens da humanidade e o seu propósito.
Uma obra de ficção repleta de aventura, romance e suspense que une a história, a religião e a ciência.
O ponto de partida, esse, é num tempo tão remoto, que nada do que hoje conhecemos existia ainda e o planeta se aventurava pela primeira vez na imensidão do cosmos.


À venda através da página da autora : www.facebook.com/pages/Ana-Cristina-Pinto, Editora Capital Books, Lojas Fnac e Amazon!


sexta-feira, 15 de maio de 2015

Apresentação d' "A Espia do Oriente" de Nuno Nepomuceno






No passado dia 13 tive o prazer de ir à apresentação do mais recente livro de Nuno Nepomuceno, A Espia do Oriente...



sexta-feira, 8 de maio de 2015

"O Espião Português" de Nuno Nepomuceno


E se toda a sua vida, tudo aquilo em que acredita, não passar de uma mentira? O que faria?

Estocolmo, Suécia.
Encerramento da Presidência da União Europeia.

Quando André Marques-Smith, o jovem director do Gabinete de Informação e Imprensa do Ministério dos Negócios Estrangeiros português é enviado à capital sueca, está longe de imaginar que aquele será um ponto de viragem na sua vida.

Ao serviço da Cadmo, a agência de espionagem semigovernamental para a qual secretamente trabalha, recupera a primeira parte de um grupo de documentos pertencentes a um investigador russo já falecido. Mas quando regressa a Portugal, tudo muda. Uma nova força obteve a segunda parte do projecto e, de uma forma violenta e aterrorizadora, resolveu mostrar ao mundo que está na corrida pelos estudos do cientista.

Por entre os cenários reais de cidades como Estocolmo, Roma, Viena, Londres e Lisboa, a luta pelo inovador projecto começa, os disfarces sucedem-se, as missões multiplicam-se. E, enquanto é forçado a lidar com os condicionalismos de uma vida dupla, André vê-se inesperadamente envolvido num mundo de mentiras e traições; o mesmo que o levará a fazer uma descoberta que poderá mudar toda a Humanidade.

Vencedor do Prémio Literário Note! 2012, O Espião Português funde elementos tradicionais da ficção de espionagem com uma abordagem inovadora, intimista e sofisticada. Thriller intenso e vertiginoso, ode à família, amizade e amor, este é um romance imprevisível e contemporâneo ao qual não deixará de ficar indiferente.
 

sexta-feira, 1 de maio de 2015

"Piso 3, Quarto 313" de Fernando Correia




Pode um livro nascido da dor transmitir consolo e felicidade? Fernando Correia escreveu Piso 3, Quarto 313 para dar testemunho, com total compreensão pelos doentes e pelos familiares que sofrem, amam e tantas vezes choram, na impossibilidade de fazerem melhor.
Fernando Correia apresenta-nos Vera, a mulher da sua vida, bonita, inteligente, lutadora, mãe-coragem de três filhas, que se transformou na habitante incógnita de um mundo sem memória, sem saudade e sem amor.


Este é um livro muito intimista...